O que é o curso PHTLS? Metodologia, 6 conteúdos, estações práticas, história e objetivos

Introdução ao curso PHTLS

O curso PHTLS é um dos mais procurados cursos internacionais de imersão.

O advento do atendimento pré-hospitalar (APH) no Brasil, em especial com a criação do SAMU, mudou substancialmente a sobrevida do paciente vítima de trauma – principal causa de morte até a quarta década de vida em todo o mundo. Os rápidos avanços nas técnicas e na tecnologia disponível para atendimento na cena, exigem do profissional de APH um constante e indispensável preparo. Treinamento é a chave para bons resultados e para reduzir o forte impacto do financiamento da saúde, mesmo em países com grande desenvolvimento.

Na atenção às vítimas de trauma, um socorro bem-feito na cena é um dos principais elementos para redução da mortalidade e minimização das sequelas. Lesões que implicam risco de vida não admitem falhas e, muitas vezes, podem ser estabilizadas por profissionais preparados. Uma abordagem cuidadoso, específica e sistematizada diminui as lesões despercebidas e reduz o número de mortes evitáveis.

O PHTLS (Pre-Hospital Trauma Life Support) é um curso avançado de atendimento ao pré-hospitalar ao trauma desenvolvido pela National Association of Emergency Medical Technicians (NAEMT), destinado a aperfeiçoar as habilidades na assistência pré-hospitalar ao traumatizado grave. 

Hoje, muitos serviços de emergência no Brasil e hospitais, exigem essa certificação na seleção de profissionais que, realizando um atendimento sistematizado, podem promover maior sobrevida e menos sequelas, elevando a qualidade da assistência e otimizando o trabalho em equipe e o fluxo dos serviços hospitalares.

O que é o curso PHTLS? Metodologia, 6 conteúdos, estações práticas, história e objetivos 1

Histórico do curso PHTLS

Criado nos Estados Unidos em 1983, o programa PHTLS é o mais completo e bem-sucedido treinamento para profissionais do atendimento pré-hospitalar. O programa já formou milhares de socorristas em 50 países e conta com evidências na literatura médica que ratificam sua eficiência.

Objetivos do curso PHTLS

O objetivo do programa é qualificar profissionais para o atendimento pré-hospitalar ao trauma através de um método efetivo, simples e replicável, empregando uma sequência de procedimentos que podem ser realizados com um mínimo de recursos disponíveis. Este modelo padronizado qualifica os profissionais que atuam na cena e que estão sujeitos as mais diversas intempéries, as vezes com risco a sua própria segurança.

O Programa destina-se ao atendimento pré-hospitalar ao traumatizado, em nível básico e avançado. Participam profissionais da saúde de todos os níveis, respeitada sua área de atuação.

Metodologia de Ensino do curso PHTLS

O curso PHTLS envolve um programa de imersão de 2 dias que exige a dedicação integral do aluno e dos instrutores.

O curso é composto por 1 diretor e 3 instrutores selecionados entre alunos que se destacam e que recebem formação específica para exercerem essa atividade. Uma vez aprovado no curso preparatório e havendo participado de cursos como candidato, o instrutor é integrado aos cursos oficiais e poderá participar de cursos em todos os países membros do programa.

 As aulas teóricas constituem a base do conhecimento e apresentam um modelo semi-interativo, com discussões de casos em que o aluno vai incorporando o conhecimento de forma coletiva e cumulativa.

As aulas práticas são realizadas na forma de estações de habilidades onde os elementos teóricos do manual são postos em prática, oferecendo a oportunidade de treinar sob orientação os diversos procedimentos, após uma demonstração feita pelo instrutor.

Essas atividades também transcorrerão a partir do atendimento de casos. Todo o equipamento necessário está disponível, proporcionando ao aluno a consolidação realística do aprendizado, incluindo o atendimento a vítimas simuladas por atores, sempre com base no atendimento sistematizado. Os alunos, divididos em pequenos grupos participam ativamente das estações em sistema de rodízio, sendo observados e avaliados pelo desempenho, conhecimento e domínio das técnicas e procedimentos, dando subsídios aos instrutores para sua avaliação final.

As atividades práticas permitem exercitar, com realismo, o atendimento ao traumatizado, dentro do princípio de realizar na cena somente as intervenções necessárias. O PHTLS preconiza evitar a perda tempo no local, minimizando o dano ao traumatizado grave.

 As avaliações são teóricas e práticas. Antes do curso é aplicado um pré-teste, com questões de múltipla escolha, que deve ser entregue logo na chegada ao curso. Uma outra prova similar, com mais peso, é aplicada ao final do segundo dia, em sala de aula. Também no segundo dia é realizado um teste prático, onde o aluno é avaliado de forma integral, levando em consideração, inclusive, os itens supracitados.

Conteúdo do curso PHTLS

O PHTLS aborda aspectos relevantes da prevenção, biomecânica, anatomia e fisiopatologia dos diversos sistemas envolvidos nas lesões. Por esta razão é útil para estudantes e profissionais de áreas correlatas à saúde, ligados a serviços médicos, de segurança e de prevenção de acidentes.

O que é o curso PHTLS? Metodologia, 6 conteúdos, estações práticas, história e objetivos 2

Com base no ABCDE do trauma, o PHTLS respeita as mais consistentes diretrizes do atendimento ao trauma adaptadas para as situações de atendimento na cena. A tradicional sequência Airway, Breathing, Circulation, Disability and Exposure, oferece uma sistemática lógica e efetiva de reanimação e, no caso do APH, encaminha para atendimento hospitalar um paciente assistido por uma linguagem comum, o ATLS. Agora precedido por um X, o PHTLS renova o programa, com conteúdo de caráter iminentemente prático.

São abordados os conteúdos descritos no Manual do PHTLS que deve ser lido pelo aluno previamente ao curso. Esta é uma condição indispensável para um bom desempenho.

O conteúdo teórico, transmitido e debatido durante as aulas são, posteriormente, praticados em pequenos grupos, conforme já descrito. São utilizados materiais e equipamentos inerentes ao APH, além de simuladores e manequins vivos que proporcionam ao aluno um ambiente mais próximo da realidade.

PHTLS Nova Versão

Na atualização do protocolo de atendimento pré-hospitalar a avaliação primária conta com o acréscimo da etapa X, que corresponde ao controle do sangramento externo grave ou exsanguinante antes do ABCDE (choque hipovolêmico). Nesses casos, o tratamento do C antecede as demais etapas do atendimento e a hemorragia externa é identificada e controlada prioritariamente.

O controle rápido do sangramento arterial passa a ser, então, o principal objetivo nos cuidados do paciente traumatizado e o treinamento das técnicas de controle da hemorragia, como a pressão direta no local de sangramento e o uso de torniquetes, também são parte do PHTLS.

É indiscutível a importância do protocolo como guia para os profissionais de APH. Devido a grande gama e demanda de atendimentos pré-hospitalares, é de suma importância a atualização dos profissionais de APH, a fim de que sejam mais proficientes nas tomadas de decisão e na execução de procedimentos durante essa fase inicial do atendimento, considerada a hora de ouro, a qual define o prognóstico do paciente.

Desta forma, é indispensável, que os profissionais da saúde e de áreas correlatas estejam familiarizados, atualizados e treinados na execução destes protocolos de atendimento pré-hospitalar, qualificando a assistência e ampliado a sobrevida dos pacientes.

ABCDE do Trauma

A – Via Aérea com proteção da coluna cervical;

B – Ventilação e respiração;

C – Circulação com controle de hemorragia;

D – Disfunção, estado neurológico;

E – Exposição com controle do ambiente.

A e B – Via Aérea e Ventilação

O que é o curso PHTLS? Metodologia, 6 conteúdos, estações práticas, história e objetivos 3

São abordadas e simuladas durante o curso em manequins próprios para as manobras e técnicas de manejo das vias aéreas e ventilação:

– Desobstrução de vias aéreas: Tração da Mandíbula e Elevação do Mento, aspiração da cavidade oral com dispositivo rígido de aspiração, retirada de corpo estranho com pinça de Maguil e colocação de cânula oro e nasofaríngea.

– Ventilação: Colocação da máscara não reinalante com reservatório, utilização do dispositivo bolsa-válvula-máscara, inserção de máscara laríngea, apreciação de dispositivos alternativos para a ventilação mais invasiva: tubo laríngeo e intubação traqueal.

C – Choque

Abordagem do Choque Hemorrágico através da simulação de atendimento à vítima traumatizada, executando as técnicas de contenção de hemorragia (compressão direta, uso do torniquete), verificando os dispositivos para acesso venoso e realizando o treinamento da punção intraóssea e contenção pélvica com uso de cinta pélvica

D – Trauma Cranioencefálico

Reconhecimento de alterações do nível de consciência, das lesões neurológicas ameaçadoras da vida e do uso da Escala de Coma de Glasgow.

E – Trauma Vertebromedular e Musculoesquelético

Manuseio de dispositivos e equipamentos para restrição e imobilização da coluna (colar cervical, protetores laterais de cabeça e maca rígida) e extremidades (talas moldáveis, tala Split e bandagens).

Credenciamento Internacional do curso PHTLS

O PHTLS é um programa educacional vinculado à NAEMT (National Association of Emergency Medical Technicians) com apoio do ACS (American College of Surgeons). O Comitê de trauma dessa instituição emite os certificados e credenciamentos, formula as políticas a serem implantadas e elabora uma atualização de conteúdos a cada 4 anos. Razão pela qual o credenciamento internacional do aluno tem validade de 4 anos, o que implica revalidá-lo após esse período.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Deixe um comentário

Siga-nos

Nossos cursos: